Saiba qual o melhor horário para tomar cloreto de magnésio PA

Vários comprimidos espalhados no fundo azul.

Assim como ocorre com os medicamentos, é preciso saber qual o melhor horário para tomar o cloreto de magnésio PA, um suplemento importante para a saúde.

Mas para garantir a melhor eficiência do suplemento, também é necessário escolher o produto certo. A Sundt, que acaba de chegar ao Brasil, traz um suplemento lipossomal de cloreto de magnésio PA que aumenta a biodisponibilidade do mineral.

Pontos-chave

  • O melhor horário para tomar o cloreto de magnésio PA é após as refeições, e com a ingestão de bastante água.
  • O cloreto de magnésio PA é a versão natural e pura desse mineral que é indispensável para o bom funcionamento do nosso corpo.
  • Para aumentar a taxa de absorção do magnésio em nosso organismo, aposte no suplemento lipossomal da Sundt.

Melhor horário para tomar cloreto de magnésio PA: Tudo o que você precisa saber

Assim como os remédios, alguns suplementos devem ser consumidos em horários específicos, tanto para garantir a eficiência quanto para minimizar danos gastrointestinais. É o caso do cloreto de magnésio PA, que é formado pela combinação do magnésio e o cloro.

O magnésio é um mineral indispensável para que vários processos importantes ocorram em nosso organismos. Entretanto, para consumirmos esse mineral, precisamos adotar uma dieta com alimentos ricos em magnésio.

Porém, isso nem sempre é possível. Além do mais, mesmo consumindo alimentos com magnésio, não é todo o mineral contido ali que será de fato aproveitado pelo nosso corpo.

Pessoa segurando cartela de comprimidos e xícara.
O importante é consumir o suplemento junto com as refeições. (Fonte: Polina Tankilevitch/ Pexels.com)

Por isso, não raro, algumas pessoas precisam considerar a suplementação. O suplemento de magnésio é utilizado tanto por pessoas que apresentam alguma deficiência nutricional quanto por aqueles que possuem doenças ou condições clínicas que impedem a correta absorção do mineral.

No entanto, mesmo com a suplementação, a taxa do mineral que é absorvido pelo corpo não é 100%. Por isso, os fabricantes de suplementos costumam adicionar outras substâncias à fórmula, no intuito de aumentar a biodisponibilidade do nutriente.

É o caso do cloreto de magnésio PA, onde o cloro entra na composição para aumentar o nível de magnésio que entra na nossa corrente sanguínea. Já a sigla PA significa “Puro para Análise”, fazendo referência à pureza e à qualidade do produto em questão.

O cloreto de magnésio PA serve para tratar e regular uma série de funções do nosso corpo. Entre eles, os principais são:

  • Aumentar as funções cerebrais
  • Fortalecer os ossos;
  • Prevenir e tratar enxaquecas e dores de cabeça;
  • Reduzir o risco de hipertensão e doenças cardiovasculares.

Quando é melhor tomar cloreto de magnésio PA?

Antes de iniciar a suplementação é fundamental que você busque orientação do seu profissional de saúde. Apenas um médico ou nutricionista irá garantir que você precisa do suplemento e qual a melhor dosagem.

Com isso, será possível não apenas ter os benefícios do cloreto de magnésio PA como evitar efeitos colaterais indesejáveis.

Além disso, o médico vai determinar o melhor horário para tomar o cloreto de magnésio PA, de acordo com a sua condição de saúde.

Mulher tomando comprimido.
É importante aumentar o consumo de água ao consumir o magnésio PA. (Fonte: puhhha/ 123rf.com)

De modo geral, porém, os especialistas recomendam que, para evitar problemas digestivos e diarreias, o melhor horário para tomar o cloreto de magnésio PA é após as refeições.

O fundamental, em todo caso, é evitar consumir o suplemento em jejum. Além disso, é importante aumentar a ingestão de água.

Devo consumir o cloreto de magnésio PA antes ou após o treino?

Se você treina, pode estar se perguntando quando é o melhor horário para tomar o cloreto de magnésio PA. De acordo com especialistas, não faz muita diferença para o seu desempenho o horário que você irá suplementar.

O importante é respeitar a dose recomendada pelo seu médico, se alimentar de forma saudável e aumentar o consumo de água. E, é claro, evitar consumir a cápsula em jejum.

Isso porque o que realmente pode interferir nos resultados da sua suplementação é tomar doses além do necessário ou em quantidade insuficiente.

Com isso em mente, listamos a seguir quais atitudes irão ajudar você a manter bons níveis de magnésio em seu corpo e livre de efeitos colaterais:

  • Tomar com estômago cheio e com muita água;
  • Dose ideal, determinada pelo seu médico;
  • Consumo de forma fracionada.

Como devo tomar o cloreto de magnésio PA?

Além de aumentar a ingestão de água e adequar o melhor horário de tomar o cloreto de magnésio PA, é importante se atentar à forma de consumir o suplemento.

De modo geral, é recomendado que você tome cloreto de magnésio PA de forma fracionada, ao longo do dia.

Isso porque de nada adianta tomar uma alta dose de magnésio de uma vez, porque as células irão entender que houve uma sobrecarga. Com isso, o excesso do mineral, que não será absorvido pelo organismo, acabará sendo eliminado na urina.

Ou seja, nosso corpo não consegue manter um estoque de magnésio. Por isso, além de consumir de forma fracionada, é preciso adquiri fontes de magnésio diariamente.

Qual a quantidade de cloreto de magnésio PA você deve tomar?

Para os adultos saudáveis, a recomendação de consumo diária de magnésio é de 260 mg. No entanto, é comum que pessoas que praticam atividades intensas adotem uma dose um pouco maior.

Para esses e outros casos, nos quais a deficiência de magnésio tem mais chances de ocorrer, a quantidade do mineral consumida diariamente pode chegar a 350 mg ao dia.

Mas o fato é que a dose de suplementação varia de pessoa para pessoa. Por isso, a quantidade recomendada de ingestão de cloreto de magnésio PA deve ser determinada juntamente com um médico.

De todo modo, é possível se basear nas seguintes doses recomendadas a pessoas saudáveis:

AdultosDose de cloreto de magnésio PA recomendada
HomensAté 350 mg por dia
MulheresAté 300 mg por dia
Grávidas e lactantesAté 450 mg por dia

Quais cuidados você deve ter ao tomar o cloreto de magnésio PA??

Como vimos, uma das principais precauções que você deve tomar antes de consumir o cloreto de magnésio PA é com relação à dose, que deve ser adequada de acordo com suas necessidades nutricionais e ao horário.

Mas o fato é que o suplemento de cloreto de magnésio não é recomendado para todos. Existem, sim, contraindicações.

De modo geral, esse tipo de suplemento não deve ser usado por pacientes que apresentem:

  • Hipersensibilidade aos componentes da fórmula;
  • Distúrbios gastrointestinais;
  • Diarreia crônica;
  • Doenças cardíacas;
  • Insuficiência renal;
  • Úlcera gástrica.

Além disso, o cloreto de magnésio PA não deve ser usado em casos de miastenia grave (doença autoimune) ou de disfunção digestiva severa.

Vale destacar ainda que gestantes, lactantes e crianças apenas devem consumir o suplemento de cloreto de magnésio PA mediante a orientação do médico ou do nutricionista.

Por fim, se você tiver qualquer tipo de reação alérgica ao consumir o cloreto de magnésio PA, procure imediatamente o atendimento médico mais próximo. Alguns dos sintomas mais comuns de alergia ao suplementos são:

  • Inchaço;
  • Coceira;
  • Diarreia;
  • Náuseas;
  • Reflexos lentos.

Quais opções eu tenho para tomar suplemento de magnésio?

Existem duas formas básicas de consumirmos o magnésio: Através da alimentação e por meio de suplementos alimentares. Na dieta, podemos incluir diariamente alimentos ricos em magnésio como, por exemplo:

  • Vegetais escuros;
  • Sementes;
  • Cereais;
  • Oleaginosas.

Já com relação aos suplementos, que costumam aumentar a taxa do mineral que é aproveitado pelo organismo, existem diversos tipos de magnésio.

Cada um se difere pela substância adicional que é inserida na fórmula, pela técnica de produção e, é claro, pela dose. Confira a seguir, alguns dos suplementos de magnésio mais populares:

  • Oxido de magnésio: Antiácido, esse tipo de suplemento com magnésio ajuda no alívio da dor estomacal e atua como laxante de curto prazo;
  • Carbonato de magnésio: Usado como antiácido e em síndromes ácido-pépticas, hipercloridria, úlcera péptica, refluxo gastro-esofágico, hemorragia gastrintestinal e ulceração;
  • Cloreto de magnésio PA: É a forma pura do suplemento que contém o cloro em sua composição e é considerado um dos mais eficiente na absorção do mineral;
  • Magnésio dimalato: É a combinação do magnésio com o ácido málico, que atua na redução de arritmias cardíacas, da fadiga crônica e de dores musculares associadas à fibromialgia e osteoporose.

Qual a diferença entre o cloreto de magnésio PA e o cloreto de magnésio comum?

Além dos vários tipos de suplementos com magnésio, alguns ainda têm subcategorias. É o caso do cloreto de magnésio que pode ser dividido entre o PA e o não PA.

Para que você possa entender a diferença entre essas duas composições de cloreto de magnésio, nós criamos a tabela a seguir. Veja:

TipoDescrição
Cloreto de magnésio PANão possui nenhum traço de qualquer outra substância, sendo totalmente puro
Cloreto de magnésioNão possui o grau de pureza aferido e pode conter traços de outras substâncias

Conclusão

O cloreto de magnésio PA é a versão mais pura de todos os tipos de suplementos desse mineral, que é essencial para a nossa vida. O melhor horário para tomar o cloreto de magnésio PA deve ser definido juntamente com o seu médico. Mas, de forma geral, esse suplemento não deve ser consumido em jejum.

Para aumentar ainda mais a biodisponibilidade do magnésio, e garantir 100% de aproveitamento do mineral no nosso corpo, a Sundt trouxe para o Brasil o suplemento lipossomal. Com técnica inovadora, o suplemento lipossomal é mais eficiente e benéfico para o corpo.

(Fonte da imagem destacada: Halacious/ Unsplash.com)

References (3)

1. Suplementação com magnésio na prevenção e tratamento de doenças cardiovasculares
Source

2. Aspectos Metabólicos e Nutricionais do Magnésio - Nutrición Clínica e Dietética Hospitalaria
Source

3. Mitos e verdades sobre a suplementação de magnésio - Hospital Sírio Libanês
Source

Monografia
Suplementação com magnésio na prevenção e tratamento de doenças cardiovasculares
Go to source
Artigo
Aspectos Metabólicos e Nutricionais do Magnésio - Nutrición Clínica e Dietética Hospitalaria
Go to source
Artigo
Mitos e verdades sobre a suplementação de magnésio - Hospital Sírio Libanês
Go to source