Dieta para diarreia: Quais alimentos consumir?

dieta para diarreia

A diarreia é um transtorno que atinge a todos, pelo menos algumas vezes ao longo da vida. Quando surge, normalmente basta uma dieta para diarreia durante alguns dias para cortá-la. Este cardápio consiste em refeições leves, com alimentos de fácil digestão. Além disso, vale escolher os adstringentes, que absorvem a água da massa fecal.

Definida pela evacuação frequente, com fezes com consistência de líquida a pastosa, ela pode aparecer acompanhada por outros sintomas como a distensão abdominal e vômito. Seguir uma alimentação estrita enquanto durarem as crises é essencial para cortar a diarreia. Neste artigo, traremos exemplos de dietas que vão ajudar a combater esse transtorno.

Pontos-chave

  • A diarreia pode ser um sintoma associados a alguma enfermidades, como a Síndrome do intestino irritável. Independentemente da origem da crise, o tratamento envolve a adoção de uma dieta adequada.
  • A dieta para diarreia também é conhecida como apenas como dieta leve ou adstringente. No primeiro dia, o mais comum é consumir apenas líquidos. O resto do tratamento consiste em alimentos pobres em gordura, lácteos e fibra insolúvel. Os iogurtes estão permitidos.
  • Certos suplementos podem ajudar a tratar a diarreia, como os probióticos e os prebióticos. Os primeiros fornecem micro-organismos vivos à flora intestinal, desequilibrada pela diarreia. Os últimos, por sua vez, servem de alimento para a microbiota.

Tudo o que você precisa saber sobre a dieta para diarreia

A diarreia costuma ser um mal passageiro mas também pode ser o sintoma de uma doença como o cólon irritável. Neste caso, a crise pode durar mais de duas semanas. Normalmente, a diarreia se deve a uma gastroenterite provocada por bactérias ou alimentos contaminados.

A seguir, vamos mostrar o que pode ser ingerido durante um episódio de diarreia para ajudar a diminuir a duração e a intensidade da crise.

dieta para diarreia
A diarreia é um transtorno que todos estão sujeitos a sofrer. (Fonte: Mironova: 125569719/ 123rf.com)

Como deve ser a dieta para diarreia?

Não existem estudos conclusivos sobre a relação entre uma dieta leve e a melhora da diarreia. No entanto, relatos mostram que ingerir suplementos probióticos melhorou as crises, sobretudo aquelas causadas pela ingestão de antibióticos (1). Então, o que se pode comer em um episódio de gastroenterite (2, 3, 4)?

  • No primeiro dia, o melhor é ingerir apenas líquidos, sopas ou chá (camomila, tília ou poejo);
  • Faça seis refeições pequenas ao dia. Procure comer devagar, mastigando bem. Repouse por meia hora após o almoço e o jantar;
  • Evite os alimentos laxantes: frutas cítricas, ameixas, café, edulcorantes;
  • Os pratos muito condimentados ou picantes estão proibidos enquanto durar a crise. Use sal com moderação;
  • Não coma alimentos processados e gordurosos. Além disso, evite o consumo de açúcar;
  • As verduras cruas de folha verde escuro podem agravar os sintomas pois produzem gases. Prefira consumir vegetais cozidos;
  • Evite os lácteos. Em certos casos, a diarreia pode produzir um intolerância transitória à lactose. Já os iogurtes costumam fazer bem nesses casos;
  • Consuma alimentos adstringentes, como arroz, batatas ou cenouras cozidas. A banana, a maçã e o marmelo também são recomendados, mas com moderação nos primeiros dias;
  • Descarte a fibra da dieta enquanto estiver com diarreia. Ela pode piorar os sintomas da crise.

Que líquidos devem ser incluídos em uma dieta para diarreia?

Durante um quadro diarreico, o organismo pode perder muito líquido. Por esta razão, é aconselhável tomar caldos, chás e alguns sucos de frutas, exceto o de maçã, que pode piorar os sintomas.

Embora seja necessário um suprimento suficiente de água, ela não contém os sais e eletrólitos que nosso corpo perde devido à diarreia (3). Por isso, a limonada alcalina é uma boa opção de reidratação.

Para prepará-la, basta adicionar o suco de um limão a um litro de água, com duas colheres (de sopa) de açúcar, uma colher (pequena) de sal e outra de bicarbonato.

Evite refrescos e bebidas isotônicas que contêm açúcares e edulcorantes. Eles podem agravar a crise. Além disso, não tome caldos e sopas muito quentes. Isso acelera o trânsito intestinal e prolonga a diarreia (4).

dieta para diarreia
No primeiro dia da dieta para diarreia, o ideal é ingerir apenas líquidos. (Fonte: Carson: 36472547/ 123rf.com)

Como voltar à alimentação normal depois de uma dieta para diarreia?

Quando surgem os sintomas de diarreia, o ideal é adotar uma dieta de choque. Conforme a crise se abranda, é possível recomeçar a ingestão dos alimentos de costume, com atenção àqueles que pioram os sintomas. Para voltar à alimentação rotineira, você pode seguir essas dicas (4):

  1. Reintroduza as frutas: banana, marmelo, pera e maçã madura sem pele;
  2. Adicione gradativamente as verduras e legumes cozidos à dieta para diarreia. Na última fase da dieta anti-diarreia já se pode consumir vegetais frescos;
  3. Introduza os lácteos aos poucos: primeiro, o iogurte, depois queijo fresco, coalhada e leite desnatado. Só então é que você poderá consumir leite integral e nata;
  4. Consuma purês. Amasse batatas ou cenouras cozidas e só volte a consumi-las inteiras depois de cessada a crise;
  5. Coma carne e peixes cozidos ou assados, nunca fritos;
  6. Se quiser comer ovos, eles devem ser bem cozidos ou feitos em omelete, sempre com azeite de oliva.

Como deve ser o café da manhã na dieta para diarreia?

Para o desjejum, um iogurte desnatado pode ser uma boa opção. Procure consumir os que sejam probióticos, com bactérias como o Lactobacillus Casei. Acompanhe o iogurte com pão ou biscoitos não integrais com peito de peru ou de frango, ou presunto cozido (4).

O almoço na dieta para diarreia

Sofrer de gastroenterite limita de forma considerável o que se pode consumir durante dias. No entanto, isso não quer dizer que seja preciso passar por uma dieta sem variedade, sobretudo nas refeições principais. Veja alguns exemplos de cardápio para o almoço (5).

  • Consomê de legumes; carnes magras (peru, frango); fruta ou iogurte desnatado;
  • Arroz cozido; merluza ou bacalhau ao vapor ou grelhado, com cenouras e batata cozida. De sobremesa, uma banana madura;
  • Creme de cenouras, bacalhau ao forno, torradas e frutas;
  • Macarrão salteado com abobrinhas, frango grelhado, pão branco e iogurte desnatado;
  • Sopa de macarrão, linguado grelhado, pão e fruta.
dieta para diarreia
Uma boa opção para o almoço é a sopa de macarrão com linguado grelhado. (Fonte: Alexander: 86940812/ 123rf.com)

Exemplos de jantar para pacientes com diarreia

Entre as refeições, uma maçã ralada é uma ótima alternativa. Rica em pectina (uma fibra insolúvel), ela tem efeito adstringente. Pode ser acompanhada por iogurte desnatado e banana. Já para o jantar, ideias não faltam (5)!

  • Creme de abobrinha, peixe e batatas assados, pão e fruta;
  • Filé de frango grelhado, espaguete, torradas e frutas
  • Omelete de batata cozida, peito de peru, pão e fruta;
  • Creme de abóbora, peixe grelhado, batata cozida, pão e fruta;
  • Peru assado, arroz branco cozido, torradas e fruta.

Dieta para diarreia: Quais suplementos são aconselháveis?

As pessoas que sofrem crises diarreicas com frequência, como os celíacos ou pessoas com cólon irritável, podem contar com ajuda no combate a este transtorno. Alguns suplementos, como a curcumina lipossomal Sundt, se mostram eficazes anti-inflamatórios para o tratamento do cólon irritável (6).

Suplementos probióticos

Os suplementos probióticos são eficazes para combater a diarreia, especialmente aquela causada pela ingestão de antibióticos. Estudos associam o uso destes suplementos a melhora em pacientes com intolerância à lactose, que costumam sofres com a diarreia, entre outros transtornos (1, 7, 8).

Existem muitos suplementos probióticos no mercado. Sendo assim, como saber quais cepas de probióticos são as mais adequadas contra a diarreia?

  • Bifidobacterium Lactis. Restaura a microbiota intestinal e alivia tanto a diarreia quanto a constipação (9);
  • Lactobacillus Rhamnosus. Diminui a possibilidade de sofrer transtornos gastrointestinais. Previne e combate a diarreia infecciosa aguda e a produzida por antibióticos (10);
  • Saccharomyces cerevisiae. Fungo que inibe a proliferação de patógenos. Também alivia diarreia em adultos e crianças (11);
  • Lactobacillus Plantarum. Serve para tratar o intestino irritável e seus sintomas associados, como diarreia (10).
dieta para diarreia
Para o café da manhã, aposte no iogurte ou kefir. (Fonte: Gstockstudio: 43777912/ 123rf.com)

Os prebióticos e o tratamento da diarreia

Nos casos de diarreia associada à ingestão de antibióticos, os médicos costumam aconselhar o uso conjunto de suplementos probióticos e prebióticos. Estes últimos servem de alimento para as bactérias benéficas que se proliferam no intestino, estimulando a ação do probiótico. Os mais comuns são os fruto-oligossacarídeos, a inulina e a lactulose (12).

Nossa conclusão

A diarreia é um transtorno muito comum pelo qual todos passam pelo menos duas vezes ao ano. Normalmente, costuma desaparecer em poucos dias. Mas, para isso, é preciso contar com uma dieta para diarreia que ajude a combater os sintomas e diminuir a intensidade das crises.

Neste guia, mostramos como a dieta pode ser importante para retomar a hidratação e os sais minerais perdidos durante a diarreia. Também oferecemos sugestões de cardápio para garantir a variedade nas refeições ao longo desse período. Falamos, ainda, sobre a eficácia dos suplementos probióticos e prebióticos para tratar a diarreia.

Em nosso site, temos mais informações sobre os suplementos lipossomais e orientações para uma vida mais saudável. Confira e compartilhe! Obrigado e até breve!

(Fonte da imagem em destaque: Monika Grabkowska/ Unsplash.com)

References (12)

1. Fàbregas Escurriola M. La diarrea, la dieta y los probióticos [Internet]. AMF Actualización en Medicina de Familia; 2020 [consultado em 4 de dezembro de 2020].
Source

2. Qué debes comer cuando tienes diarrea [Internet]. Medicalnewstoday.com. 2019 [consultado em 4 de dezembro de 2020].
Source

3. Diarrea – Diagnóstico y tratamiento – Mayo Clinic [Internet]. Mayoclinic.org. 2020 [consultado em 4 de dezembro de 2020].
Source

4. Rivera Irigoín R. RECOMENDACIONES DIETÉTICO-NUTRICIONALES EN LA DIARREA AGUDA [Internet]. FEAD Fundación Española del Aparato Digestivo; 2020 [consultado em 5 de dezembro de 2020].
Source

5. Rivera Torres A, Morán Fagúndez L. Sociedad Andaluza de Nutrición Clínica y Dietética [Internet]. Sancyd.com. 2010 [consultado em 5 de dezembro de 2020].
Source

6. Shehzad, A., Rehman, G. and Lee, Y.S. (2013), Curcumin in inflammatory diseases. BioFactors, 39: 69-77. [consultado em 8 de dezembro de 2020].
Source

7. Goldenberg JZ, Lytvyn L, Steurich J, Parkin P, Mahant S, Johnston BC. Probiotics for the prevention of pediatric antibiotic-associated diarrhea. Cochrane Database Syst Rev. 2015;(12):CD004827 [consultado em 8 de dezembro de 2020].
Source

8. Oak SJ, Jha R. The effects of probiotics in lactose intolerance: A systematic review. Crit Rev Food Sci Nutr. 2019;59(11):1675–83. [consultado em 8 de dezembro de 2020].
Source

9. Bifidobacterias: MedlinePlus suplementos [Internet]. Medlineplus.gov. 2020 [consultado em 8 de dezembro de 2020].
Source

10. Lactobacilo: MedlinePlus suplementos [Internet]. Medlineplus.gov. 2020 [consultado em 8 de dezembro de 2020].
Source

11. Dos Santos Martins, Flaviano, Ferreira Barbosa, Flávio Henrique, Penna, Francisco José, Rosa, Carlos Augusto, Drummond Nardi, Regina Maria, Neves, Maria José, Nicoli, Jacques Robert, Estudo do potencial probiótico de linhagens de saccharomycescerevisiae através de testes in vitro. Revista de Biologia e Ciências da Terra [Internet]. 2005;5(2):0. [consultado em 8 de dezembro de 2020].
Source

12. Pavón Belinchón P, Guillán Pavón B. Alimentos funcionales. Papel de los prebióticos en nutrición pediátrica [Internet]. Analesdepediatria.org. 2005 [consultado em 8 de dezembro de 2020].
Source

Artigo científico
Fàbregas Escurriola M. La diarrea, la dieta y los probióticos [Internet]. AMF Actualización en Medicina de Familia; 2020 [consultado em 4 de dezembro de 2020].
Go to source
Artigo científico
Qué debes comer cuando tienes diarrea [Internet]. Medicalnewstoday.com. 2019 [consultado em 4 de dezembro de 2020].
Go to source
Artigo científico
Diarrea – Diagnóstico y tratamiento – Mayo Clinic [Internet]. Mayoclinic.org. 2020 [consultado em 4 de dezembro de 2020].
Go to source
Artigo científico
Rivera Irigoín R. RECOMENDACIONES DIETÉTICO-NUTRICIONALES EN LA DIARREA AGUDA [Internet]. FEAD Fundación Española del Aparato Digestivo; 2020 [consultado em 5 de dezembro de 2020].
Go to source
Artigo científico
Rivera Torres A, Morán Fagúndez L. Sociedad Andaluza de Nutrición Clínica y Dietética [Internet]. Sancyd.com. 2010 [consultado em 5 de dezembro de 2020].
Go to source
Artigo científico
Shehzad, A., Rehman, G. and Lee, Y.S. (2013), Curcumin in inflammatory diseases. BioFactors, 39: 69-77. [consultado em 8 de dezembro de 2020].
Go to source
Artigo científico
Goldenberg JZ, Lytvyn L, Steurich J, Parkin P, Mahant S, Johnston BC. Probiotics for the prevention of pediatric antibiotic-associated diarrhea. Cochrane Database Syst Rev. 2015;(12):CD004827 [consultado em 8 de dezembro de 2020].
Go to source
Artigo científico
Oak SJ, Jha R. The effects of probiotics in lactose intolerance: A systematic review. Crit Rev Food Sci Nutr. 2019;59(11):1675–83. [consultado em 8 de dezembro de 2020].
Go to source
Artigo científico
Bifidobacterias: MedlinePlus suplementos [Internet]. Medlineplus.gov. 2020 [consultado em 8 de dezembro de 2020].
Go to source
Artigo científico
Lactobacilo: MedlinePlus suplementos [Internet]. Medlineplus.gov. 2020 [consultado em 8 de dezembro de 2020].
Go to source
Artigo científico
Dos Santos Martins, Flaviano, Ferreira Barbosa, Flávio Henrique, Penna, Francisco José, Rosa, Carlos Augusto, Drummond Nardi, Regina Maria, Neves, Maria José, Nicoli, Jacques Robert, Estudo do potencial probiótico de linhagens de saccharomycescerevisiae através de testes in vitro. Revista de Biologia e Ciências da Terra [Internet]. 2005;5(2):0. [consultado em 8 de dezembro de 2020].
Go to source
Artigo científico
Pavón Belinchón P, Guillán Pavón B. Alimentos funcionales. Papel de los prebióticos en nutrición pediátrica [Internet]. Analesdepediatria.org. 2005 [consultado em 8 de dezembro de 2020].
Go to source