Quais são as causas da diarreia?

Quem passa mais tempo sentado no “trono” do que no sofá, tem um motivo para se preocupar. As causas da diarreia podem ser variadas, ela nada mais é do que um sintoma, que pode prejudicar a qualidade de vida, especialmente se ocorre por muito tempo. Por isso, é importante se perguntar o que tem ocasionado essas crises.

Neste artigo, vamos falar sobre doenças associadas, como um distúrbio gastrointestinal ou infecções virais, bacterianas ou parasitárias. Queremos destacar, ainda, como é possível tratar e prevenir esse incômodo, por meio da investigação das causas e a forma correta de identificá-las. Acompanhe com a gente!

O mais importante

  • A diarreia é definida pelo ritmo intestinal acima do normal, com três ou mais evacuações ao longo do dia, geralmente com consistência líquida a pastosa.
  • Na maioria dos casos, as causas da diarreia são contaminações por vírus e bactérias. Em geral, ele se resolve em poucos dias. Durante esse período, a recomendação é manter a hidratação.
  • O tratamento da diarreia com medicamentos como antibióticos e antiparasitários deve ser prescrito por um médico. Ao contrário, a ação destes fármacos poderia até mesmo piorar os sintomas.

Tudo o que você precisa saber sobre as causas da diarreia

Para começar a entender como tratar a diarreia, é importante saber, antes de tudo, o qual é a causa deste transtorno (1):

Causas da diarreia Sintomas e sinais que a acompanham Tratamento
Vírus Diarreia aguda
Dor abdominal
Náuseas
Vômito
Desidratação 
Medidas gerais (hidratação, reposição de eletrólitos)
Bactérias Diarreia aguda
Febre
Dor abdominal 
Náuseas 
Vômito
Fezes com sangue e muco
Medidas gerais
Antibióticos (somente com indicação médica)
Parasitas Diarreia aguda/crônica
Fezes com sangue ou gordurosas
Dor abdominal
Perda de peso 
Medidas gerais
Antiparasitários (somente com prescrição médica)
Intolerâncias alimentares Diarreia aguda/crônica
Dor abdominal
Inchaço abdominal 
Gases
Diarreia que se inicia ou piora depois de ingerir alguns alimentos
Modificar a dieta
Enfermidades  Diarreia crônica
Sintomas variados
Tratar a enfermidade que causa a diarreia
Suplementos 
Outras causas
– Diarreia do viajante
– Por antibióticos
– Diarreia em imunodeprimidos
Diarreia aguda/Crônica
Sintomas variados
Medidas gerais
Tratamento médico (quando necessário)
Suplementos

Diarreias causadas por vírus

Os vírus que afetam o sistema digestivo normalmente são contraídos pela ingestão de alimentos e bebidas ou utilização de objetos contaminados. Além disso, também pode haver a infecção por contato com pessoas infectadas, da mesma forma que ocorre com um resfriado, por exemplo (2).

Os vírus como o rotavírus e o norovírus produzem o que se conhece como “gastroenterite viral”, que algumas pessoas chamam de “gripe estomacal”. Normalmente, a diarreia é acompanhada por dor abdominal, vômitos, náuseas e, em alguns casos, febre (3)

Não há um tratamento que seja efetivo especificamente contra os vírus que causam a diarreia. Mas ela pode ser prevenida com a vacina do rotavírus (4) e com a higiene correta das mãos e dos alimentos (5)

causas da diarreia
A diarreia é caracterizada pela alteração do ritmo intestinal, com mais de três evacuações por dia. (Fonte: Piksel: 41960117/ 123rf.com)

Diarreia causada por bactérias

Também conhecida como “gastroenterite bacteriana”, é um tipo de diarreia que está relacionada à intoxicação por alimentos e bebidas contaminados por bactérias. Este tipo de diarreia é contagiosa, como qualquer doenças viral (6).

Há muitos tipos de bactérias que são capazes de produzir este tipo de infecções. Algumas delas são (7):

  • E. Coli
  • Salmonella 
  • Yersinia 
  • Shigella 
  • Estafilococo
  • Campylobacter
  • Clostridium 
  • Estafilococos

De modo geral, a diarreia se associa a sintomas como dor abdominal, vômitos, náuseas e febre. As fezes podem vir ou não acompanhadas por sangue ou muco.

As crises de diarreia bacteriana geralmente se resolvem de forma espontânea. Porém, se passar mais de 5 dias com os sintomas, é fundamental buscar atenção médica.

Já os bebês e crianças muito pequenas devem ser levadas ao pediatra assim que surgirem os primeiros sinais de diarreia e vômito.

Diarreias por parasitas

As diarreias parasitárias, também conhecidas como protozoose intestinal, se transmitem pelas vias fecal-oral. Isso significa que, de alguma maneira, partículas das fezes chegaram à boca. Geralmente, o episódio se dá por meio dos alimentos mal lavados ou por não higienizar as mãos para se alimentar.

Estes tipos de diarreia podem ser muito distintos. A amebíase, por exemplo, causa diarreia com sangue (8), enquanto que a giardíase pode gerar fezes com gordura (9)

A diarreia por parasitas podem se prolongar por mais tempo, afetando especialmente as crianças, em países subdesenvolvidos (10). Apesar de também se resolver espontaneamente, muitas necessitam de tratamento médico com medicamentos antiparasitários (11).

causas da diarreia
A diarreia, na maioria dos casos, é causada por infecções intestinais por vírus ou bactérias. (Fonte: Arnoaltix: 137403905/ 123rf.com)

Diarreias causadas por intolerâncias alimentares

A intolerância alimentar costuma gerar diarreia e mal estar gástrico. Isso se dá pela “incompatibilidade” do organismo com certos componentes de determinados alimentos (12). As intolerâncias mais comuns são:

Intolerância a lactose

É um tipo de diarreia muito fácil de identificar. De maneira geral, os sintomas que a acompanham são gases, distensão abdominal e surgem logo depois da ingestão de leite e derivados (queijo, cremes, etc) (13)

Essa intolerância é mais comum em adolescentes e adultos, já que as crianças — e, sobretudo, os bebês — têm mais capacidade de digerir a proteína do leite pois depende dele para sobreviver.

Intolerância ao glúten

A intolerância ao glúten (ou Doença celíaca), diferentemente do que ocorre com a lactose, se deve a um ataque do sistema imune no intestino diate da presença da proteína do glúten.

Assim, os sintomas começam já na infância pois, nessa doença, as defesas já se desenvolvem para atacar essa proteína desde cedo. O principal problema é que, ao mesmo tempo, são destruídas as vilosidades do intestino, que absorvem os nutrientes (14).

Pessoas intolerantes ao glúten podem sofrer tanto com a diarreia quanto com a constipação, além de retardo no crescimento e problemas de aprendizagem.

Qual a diferença entre intolerância e alergia?

A intolerância é uma condição diferente de alergia. Nesta última, o organismo entende o alimento como um inimigo e dispara o sistema de defesa, levando a reações inflamatórias para conter o agente do “ataque”.

Neste caso, os sintomas podem ir de vermelhidão na pele, irritação na garganta, congestão nasal, ocular e, em situações mais graves, dificuldade respiratória.

causas da diarreia
A diarreia por intolerância a lactose é muito comum em adolescentes e adultos. (Fonte: Lightfieldstudios: 120969509/ 123rf.com)

Enfermidades que causam diarreias

Algumas enfermidades que afetam o sistema digestivo são capazes de causar diarreia que dura por muito tempo. Essa é a chamada diarreia crônica. As causas mais comuns são:

  • Síndrome do intestino irritável: é um trastorno do intestino que produz episódios de diarreia e constipação crônicos. A síndrome não tem uma origem clara, mas muitas vezes surge após infecções ou forte estresse emocional;
  • Doenças de Crohn: condição que gera uma inflamação crônica do intestino. Pode afetar qualquer parte do tubo digestivo — desde a boca até o ânus — e costuma causar sangramento intestinal, que pode levar a anemia.

Estes tipos de diarreia devem ser tratados por um médico especialista. Em alguns casos, o consumo de probióticos podem ser um apoio ao tratamento, já que eles ajudam a recolonizar a flora intestinal (15, 16, 17).

Outros tipos de diarreia

Nesta pequenas seção, queremos destacar três causas de diarreia que merecem atenção:

1. Diarreia por antibióticos

Causada pela eliminação das bactérias benéficas com o uso de antibióticos, essa diarreia surge como sinal de que o intestino está desprotegido conta o ataque de germes nocivos.

Esta é uma das razões pelas quais o uso de antibióticos deve ser controlado. Este tipo de medicamento pode ser tanto a causa quanto o tratamento para os episódios de diarreia. Por isso, é fundamental contar com supervisão médica. (18).

Os probióticos podem ser um auxiliar na prevenção deste tipo de diarreia. Assim, eles fortalecem a flora intestinal prejudicada pela ação dos medicamentos antibióticos. Em muitos casos, esses compostos ajudam na recuperação das doenças.

causas da diarreia
É muito importante manter o controle no uso de antibióticos para evitar transtornos ao organismo. (Fonte: Dolgachov: 116790587/ 123rf.com)

2. Diarreia do viajante

Como o nome revela, as causas da diarreia do viajante estão relacionadas a infecções virais, bacterianas ou parasitárias causadas por germes próprios de uma determinada região. Em geral, a população local já criou resistência a eles (19), mas os turistas podem ser infectados.

Portanto, durante as viagens, é fundamental estar atento aos alimentos e bebidas que consome. A recomendação é evitar tomar água da torneira, manter limpos os utensílios e ingerir bebidas apenas em sua embalagem original (20)

3. Diarreia em imunodeprimidos

Pessoas com as defesas debilitadas, como ocorre em enfermidades como o HIV e o lúpus — ou após um transplante de órgãos, por exemplo — podem ter o intestino mais suscetível a desenvolver crises de diarreia, seja por vírus, bactérias ou outros micro-organismos (21)

O tratamento mais eficaz para estes casos deverá ser determinado pelo médico que acompanha o pacientes. A prescrição depende do tipo de infecção e das condições físicas da pessoa em tratamento.


Nossa conclusão

As causas da diarreia podem ser as mais variadas, desde a ingestão de um alimento contaminado até o uso de medicamentos que irritam o intestino. É bom lembrar que trata-se apenas um sintoma, que pode ser acompanhado por outros desconfortos e indicar, em alguns casos, a presença de doenças associadas.

Neste artigo, esclarecemos os tipos mais comuns desse distúrbio e falamos sobre as principais causas da diarreia. Destacamos que o consumo de alimentos e suplemento probióticos podem ajudar a fortalecer a flora intestinal e combater as causas da diarreia.

Se você gostou deste material e quer ter mais informações sobre os cuidados com a saúde, confira mais artigos como este no site da Sundt Nutrition. Até logo!

(Fonte da imagem destacada: Ngamnithiporn: 140813354/ 123rf.com)

Referências(21)

  1. Pessoal de MedlinePlus. Diarrea. 2020
  2. Pessoal de MedlinePlus. Gastroenteritis. 2020.
  3. Bányai K, Estes MK, Martella V, Parashar UD. Viral gastroenteritis. Lancet 2018;392:175–86.
  4. Troeger C, Khalil IA, Rao PC, Cao S, Blacker BF, Ahmed T, et al. Rotavirus vaccination and the Global Burden of Rotavirus diarrhea among children younger than 5 years. JAMA Pediatr 2018;172:958–65.
  5. Clark B, McKendrick M. A review of viral gastroenteritis. Curr Opin Infect Dis 2004;17:461–9.
  6. Pessoal de MedlinePlus. Gastroenteritis bacteriana. 2020.
  7. Humphries RM, Linscott AJ. Practical guidance for clinical microbiology laboratories: Diagnosis of bacterial gastroenteritis. Clin Microbiol Rev 2015;28:3–31.
  8. Haque R, Huston CD, Hughes M, Houpt E, Petri WA Jr. Amebiasis. N Engl J Med 2003;348:1565–73.
  9. Wolfe MS. Giardiasis. Clin Microbiol Rev 1992;5:93–100.
  10. Solano L, Acuña I, Barón MA, Morón de Salim A, Sánchez A. Influencia de las parasitosis intestinales y otros antecedentes infecciosos sobre el estado nutricional antropométrico de niños en situación de pobreza. Parasitol Latinoam 2008;63.
  11. Parásitos intestinales. PediatriaintegralEs n.d. 2020
  12. Contreras SJ. Intolerancias alimentarias y diarrea funcional. Revista andaluza de patología digestiva 2018;41:127–32.
  13. Alliende F. Intolerancia a la lactosa y otros disacáridos. Gastroenterología Latinoamericana. 2007.
  14. Balakireva AV, Zamyatnin AA. Properties of gluten intolerance: Gluten structure, evolution, pathogenicity and detoxification capabilities. Nutrients 2016;8:644.
  15. Rahimi R, Nikfar S, Rahimi F, Elahi B, Derakhshani S, Vafaie M, et al. A meta-analysis on the efficacy of probiotics for maintenance of remission and prevention of clinical and endoscopic relapse in Crohn’s disease. Dig Dis Sci. 2008;53(9):2524–31.
  16. Moayyedi P, Ford AC, Talley NJ, Cremonini F, Foxx-Orenstein AE, Brandt LJ, et al. The efficacy of probiotics in the treatment of irritable bowel syndrome: a systematic review. Gut. 2010;59(3):325–32.
  17. Katherine Zeratsky RD. Probióticos y prebióticos: lo que debes saber [Internet]. Mayo Clinic. Mayo Foundation for Medical Education and Research; 2018.
  18. David R. Antibiotic Therapy for Acute Watery Diarrhea and Dysentery. Military Medicine. 2017
  19. Vila J, Oliveira I, Zboromyrska Y, Gascon J. Diarrea del viajero. Enfermedades Infecciosas Microbiología Clínica 2016;34:579–84.
  20. Shlim DR. Looking for evidence that personal hygiene precautions prevent traveler’s diarrhea. Clin Infect Dis 2005;41 Suppl 8:S531-5.
  21. Frisancho O. Diarrea en el Inmunocomprometido. EduPe. n.d. 1997
Anterior Alimentos ideais para evitar a diarreia Próximo Magnésio: Contraindicação e como ele pode afetar o organismo?
Site oficial
Pessoal de MedlinePlus. Diarrea. 2020
Ir para a fonte
Site oficial
Pessoal de MedlinePlus. Gastroenteritis. 2020.
Ir para a fonte
Artigo científico
Bányai K, Estes MK, Martella V, Parashar UD. Viral gastroenteritis. Lancet 2018;392:175–86.
Ir para a fonte
Estudo em humanos
Troeger C, Khalil IA, Rao PC, Cao S, Blacker BF, Ahmed T, et al. Rotavirus vaccination and the Global Burden of Rotavirus diarrhea among children younger than 5 years. JAMA Pediatr 2018;172:958–65.
Ir para a fonte
Artigo científico
Clark B, McKendrick M. A review of viral gastroenteritis. Curr Opin Infect Dis 2004;17:461–9.
Ir para a fonte
Site oficial
Pessoal de MedlinePlus. Gastroenteritis bacteriana. 2020.
Ir para a fonte
Artigo científico
Humphries RM, Linscott AJ. Practical guidance for clinical microbiology laboratories: Diagnosis of bacterial gastroenteritis. Clin Microbiol Rev 2015;28:3–31.
Ir para a fonte
Artigo científico
Haque R, Huston CD, Hughes M, Houpt E, Petri WA Jr. Amebiasis. N Engl J Med 2003;348:1565–73.
Ir para a fonte
Artigo científico
Wolfe MS. Giardiasis. Clin Microbiol Rev 1992;5:93–100.
Ir para a fonte
Estudo em humanos
Solano L, Acuña I, Barón MA, Morón de Salim A, Sánchez A. Influencia de las parasitosis intestinales y otros antecedentes infecciosos sobre el estado nutricional antropométrico de niños en situación de pobreza. Parasitol Latinoam 2008;63.
Ir para a fonte
Site oficial
Parásitos intestinales. PediatriaintegralEs n.d. 2020
Ir para a fonte
Artigo científico
Contreras SJ. Intolerancias alimentarias y diarrea funcional. Revista andaluza de patología digestiva 2018;41:127–32.
Ir para a fonte
Artigo científico
Alliende F. Intolerancia a la lactosa y otros disacáridos. Gastroenterología Latinoamericana. 2007.
Ir para a fonte
Artigo científico
Balakireva AV, Zamyatnin AA. Properties of gluten intolerance: Gluten structure, evolution, pathogenicity and detoxification capabilities. Nutrients 2016;8:644.
Ir para a fonte
Meta análise
Rahimi R, Nikfar S, Rahimi F, Elahi B, Derakhshani S, Vafaie M, et al. A meta-analysis on the efficacy of probiotics for maintenance of remission and prevention of clinical and endoscopic relapse in Crohn’s disease. Dig Dis Sci. 2008;53(9):2524–31.
Ir para a fonte
Revisão sistemática
Moayyedi P, Ford AC, Talley NJ, Cremonini F, Foxx-Orenstein AE, Brandt LJ, et al. The efficacy of probiotics in the treatment of irritable bowel syndrome: a systematic review. Gut. 2010;59(3):325–32.
Ir para a fonte
Site oficial
Katherine Zeratsky RD. Probióticos y prebióticos: lo que debes saber [Internet]. Mayo Clinic. Mayo Foundation for Medical Education and Research; 2018.
Ir para a fonte
Artigo científico
David R. Antibiotic Therapy for Acute Watery Diarrhea and Dysentery. Military Medicine. 2017
Ir para a fonte
Artigo científico
Vila J, Oliveira I, Zboromyrska Y, Gascon J. Diarrea del viajero. Enfermedades Infecciosas Microbiología Clínica 2016;34:579–84.
Ir para a fonte
Artigo científico
Shlim DR. Looking for evidence that personal hygiene precautions prevent traveler’s diarrhea. Clin Infect Dis 2005;41 Suppl 8:S531-5.
Ir para a fonte
Artigo científico
Frisancho O. Diarrea en el Inmunocomprometido. EduPe. n.d. 1997
Ir para a fonte